Photoshop do queixo caído

(Publicado na coluna Verbo Web do Jornal Bléh, ed. 18: Veja a versão online)

Segunda, 12, a Adobe lança a versão CS5 de sua famosa Suíte Criativa; entre os programas, o editor de imagens Photoshop, o Glorioso.

Trata-se da atualização do programa mais usado no mercado e fora dele. E você que não usa, sabe muito bem do que se trata: é aquele software que tira estria e umbigos em ensaios sensuais, amigas indevidas nas fotos do Carnafacul, muda cor de cabelo, põe estrelinhas e etc.

Para deixar todos babando, a Adobe disponibilizou alguns vídeos só pra dar uma prévia do que vem no pacote. Um dos últimos é o mais assustador. O ‘Content-Aware Fill’ (o famoso não-tá-mais-aqui, em livre tradução, embora também faça o trabalho de olha-o-que-mais-temaqui) assusta de tão fácil. Você seleciona, deleta, e a imagem se adequa ao fundo. Se há uma árvore atrapalhando, simples, seleciona, deleta e o programa coloca o fundo pra você. Assim, num clíque. Funciona com sombras, marcos de luzes, plantas, pássaros, pessoas. O que quiser tirar, ele tira e é como se não estivesse ali nunca. Não fosse suficiente, se você tem uma paisagem juntada de várias fotografias (tem quem faça isso), o Photoshop te faz o favor de completar o cenário, assim você não fica com aqueles espaços brancos.

Um outro videozinho curioso é do ‘Puppet Warp’ que facilita a distorção de imagens com uma precisão nunca antes experimentada. Você põe tudo em seus devidos lugares sem problemas de distorcer outros cantos e também pode fazer ótimos laços e cordas.

A piada pronta já foi lançada: ‘quem precisa de designer com essa facilidade toda?’ É o que andam tuitando. Besteira. O chavão de que o programa não fará nenhuma obra-de-arte sozinho permanece, e só usarão essas duas ferramentas com excelência quem tiver um bom propósito para isso – não há novidades em conceito aqui (já se apagavam pessoas de fotografia desde a Revolução Russa). Tempo de trabalho. É isso que este novo CS5 está varrendo da mesa; otimizando o tempo e as horas gastas com retoque em elementos indesejados que serão transferidos para departamentos mais produtivos de um projeto gráfico.

Claro que em vídeo demonstrativo, tudo parece rodar às mil maravilhas. Quero ver se não conseguirem arrumar as placas desse meu Braziu, por exemplo, o que é que vão falar. E se não gostou do texto. Seleciona e deleta.

Vai ver como funciona bem.

Veja o lançamento ao vivo:

http://cs5launch.adobe.com/

Anúncios

2 Respostas para “Photoshop do queixo caído

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s